Encontre aqui os Melhores Fornecedores para o seu Casamento

Como escolher a sua aliança de casamento em 6 passos

Home » Beleza » Como escolher a sua aliança de casamento em 6 passos

As alianças de casamento vão acompanhar o casal por toda vida. Por isso, escolhê-las com cuidado é importante para não ter arrependimento mais para frente. Veja alguns pontos que devem ser levados em conta antes de comprar destes acessórios que carregam uma simbologia tão importante (a da união do casal).

1. Nada de pressa
O ideal é reservar uns dois meses para que, juntos, a noiva e o noivo possam pesquisar com calma as alianças. Visitar várias lojas, experimentar diferentes modelos e considerar o custo de cada um são atitudes inteligentes. Alianças feitas sob medida levam mais tempo. Neste caso, procure um joalheiro seis meses antes.

2. Respeite o gosto de ambos
Mesmo um casal apaixonado e em perfeita sintonia para uma vida a dois pode ter gosto e estilo diferentes. Para que a procura pela joia perfeita não se torne um pesadelo para os noivos e nem motivos de briga, um modelo mais simples acaba sendo uma saída razoável. Não vale a pena calar-se durante a compra para fazer o gosto de quem se ama, afinal, o anel de compromisso ficará para sempre no dedo. Uma dica importante: considere no estilo geral do casal. Juntos são mais básicos, modernos ou clássicos?

3. Clássicos são clássicos
O tempo passa e, o que é moda hoje, pode ser antiquado em quinze anos. Um modelo atemporal acaba sendo a opção com menos margem de erro.

4. Considere o preço
A maneira mais prática de escolher a aliança de casamento é começar pelo preço. O par de uma aliança fina de ouro e sem detalhes pode custar entre cerca de R$ 400 a R$ 800. Um modelo mais trabalhado, com brilhantes e pedras preciosas, pode chegar a R$ 4.000 (cada anel). O ideal é que os noivos invistam até 5% do orçamento do casamento para a compra das alianças.

5. Qualidade é importante
Analise o modelo, verificar se o material é resistente ou se costuma escurecer com o tempo: é importante prestar atenção a estes detalhes. Joalheiros indicam alianças de ouro e platina, já que são metais nobres e não há riscos de serem danificados. Se as alianças forem de ouro, a preferência deve ser pelas de 18k, o que significa 75% de pureza.

6. Anatomia da mão também conta
Pessoas com dedos finos ficam melhor com alianças achatadas, assim como aliança muito fina não cai bem para quem tem mão grande e gordinha. Para aqueles que têm dedos compridos, alianças com design diagonal dão uma ideia de largura maior, e para quem tem mão pequena, a dica é que a jóia tenha diversas pedrinhas, colocadas em linha. Dedos mais grossos podem usar alianças largas, mas que não sejam arredondadas.

 

Fonte: UOL Mulher

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receber Novidades!

um × 2 =